Seminário reúne entidades para discutir Meio Ambiente e Segurança Alimentar

P1330049Nesta segunda-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, foi realizado, no auditório do Ministério Público da Paraíba, o Seminário sobre “Meio Ambiente e Segurança Alimentar, promovido pelo Crea-PB e as Associações de Engenheiros Ambientais e Agrônomos, com apoio da Mútua, do Clube de Engenharia e do Sindicato dos Engenheiros da Paraíba.

Participaram do evento promotores do Ministério Público, representantes da Polícia Militar e Civil, Secretaria de Meio Ambiente, SEDAP, UFPB, além de entidades da área tecnológica. Todos ressaltaram a importância do debate em torno do tema e congratularam o Crea pelo trabalho contínuo em prol das questões ambientais e fitossanitárias. P1320986

Durante a abertura, a presidente do Crea, Giucélia Figueiredo, levantou a problemática ambiental a partir do   contexto internacional. “Vemos países desenvolvidos, como os Estados Unidos, dispostos a colocar em cheque os esforços globais pela preservação do nosso planeta. No entanto, não podemos ficar inertes, precisamos agir”, afirmou. Giucélia lembrou a importância do controle do uso de agrotóxicos como instrumento para assegurar a segurança alimentar e destacou as ações de fiscalização do Crea em conjunto com outros órgãos para inibir o uso e comércio indiscriminado desses produtos. Ela destacou, em especial, a parceria do Ministério Público nessas ações. “É também simbólico o fato de estarmos realizando este evento na casa do MP, já este tem sido um parceiro fundamental do Crea em todas as questões que envolvem as nossas ações em defesa da população”, concluiu.

Na ocasião, a presidente do Crea e o auditor do Ministério do Trabalho e Emprego, José Ribamar Gomes, foram homenageados pela Comissão de Meio Ambiente do Regional e pela Associação P1330008de Engenheiros Ambientais, com certificado de honra, pelos serviços prestados em prol do Meio Ambiente.

A programação do Seminário teve início com o lançamento da cartilha sobre Receituário Agronômico, editada pelo Crea-PB. A publicação é inédita no Brasil e, segundo os autores presentes no evento, os agrônomos Raimundo Nonato e Luiz Carlos Barros, tem o objetivo de  disponibilizar mais uma ferramenta de disseminação da importância do receituário agronômico como um instrumento de assistência técnica, orientando o uso racional dos agrotóxicos e ressaltando a necessidade do seu acompanhamento por profissionais habilitados.

Em seguida, o agrônomo José Reis, coordenador da Câmara Especializada de Agronomia do Crea Goiás, iniciou a P1330029sequencia de palestras abordando as mudanças trazidas na legislação dos Agrotóxicos através do Projeto de Lei 3200/2015. Logo após, o professor da UFPB, eng. agrônomo Alexandre de Araújo, fez uma exposição sobre a segurança alimentar a partir da Agroecologia, mostrando experiências de sucesso em municípios do interior paraibano. Encerrando o evento, o coordenador da Câmara de Agronomia do Crea-PB, João Alberto de Souza abordou em sua palestra a fiscalização dos agrotóxicos, comentando os avanços alcançados e os desafios para o controle do comércio, inclusive eletrônico, desses produtos químicos.

CLIQUE AQUI PARA VER TODAS AS FOTOS DO EVENTO