Sousa recebe Seminário sobre Gestão Ambiental Municipal

Aconteceu nesta sexta-feira (29), no auditório do Instituto Federal da Paraíba, campus de Sousa, Seminário sobre Gestão Ambiental Municipal, promovido pelo  Crea-PB e Sebrae-Sousa. No encontro, foram debatidos temas como a Arborização Urbana, Resíduos Sólidos, Saneamento Básico e Licenciamento Ambiental. O  Seminário contou com palestra que foi ministrada pelo engenheiro Agrônomo, Anderson Leite Fontes Júnior, especialista em Meio Ambiente e Arborização Urbana e diretor da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU) Região Nordeste.

Um dos organizadores do evento, esteve presente o Inspetor do Crea em Sousa, Guilherme Abrantes de Sena, além do presidente da Câmara Municipal de Sousa, o vereador Aldeone Abrantes; vereador José Rodolph; o gerente da Agência do Sebrae de Sousa, Rodrigo Gurgel; o superintendente do Daesa, Inojosa Primero Neto, entre outras autoridades.

O palestrante Anderson Leite Fontes Júnior trouxe experiências da gestão ambiental municipal de João Pessoa

Para Rodrigo Gurgel, foi o momento de abordar temas relevantes que são do interesse de todos. “É importante debater esses assuntos que fazem parte do nosso cotidiano. A preocupação com a questão ambiental vem se expandindo. Diante da necessidade do ser cidadão organizar as suas atividades produtivas de forma a evitar ou minimizar os diversos impactos ambientais causados no meio ambiente, a gestão ambiental é uma ferramenta importante de planejamento, controle e gestão referente às questões ambientais e visa contribuir para o desenvolvimento econômico, desde que seja de forma sustentável”, destacou.

O inspetor do Crea, Guilherme Abrantes de Sena, fez um balanço positivo do evento, afirmando que a ideia era plantar uma semente e ser cultivada, especialmente pelos gestores municipais, dando-lhes uma nova perspectiva sobre o tema. “Nós trouxemos a mensagem de que é possível os municípios, mesmo os pequenos, fazerem gestão do meio ambiente. O que possibilita, inclusive, às prefeituras alavancarem suas receitas com a arrecadação através do licenciamento ambiental”, pontuou.

“Nos dias de hoje é cada vez maior a preocupação, os questionamentos acerca das questões ambientais. Aqui a gente teve a oportunidade de debaters temas que fazem parte de nosso cotidiano. (….) certeza que foi o momento de debater assuntos de muita relevância para humanidade”, acrescentou o vereador Aldeone Abrantes.

 

Com informações do Conexão PB