Área hospitalar é alvo de fiscalização do CREA

O CREA-PB  intensifica a fiscalização em hospitais e clínicas da capital na rede pública e privada. Estão sendo fiscalizados aproximadamente 50 (cinquenta) empreendimentos e há o planejamento de estender a iniciativa para todo estado, é o que explica o Agente Fiscal Josemar Souza do Nascimento, responsável pela Fiscalização. Segundo ele, essa é mais uma iniciativa de fiscalização preventiva que faz parte das ações do Conselho no sentido de diversificar as áreas fiscalizadas, garantindo segurança à população em todos os segmentos nos quais o CREA tem atribuição.
Nesses estabelecimentos de saúde, a fiscalização busca informações para saber quais as empresas e profissionais que prestam serviços fiscalizados pelo Sistema CONFEA/CREA, tais como: Manutenção em Equipamento Médico-odonto Hospitalares (Aparelhos de Hemodiálises, Ultrassonografia, Aparelhos suscetíveis ao contato de líquidos, Incubadoras, etc,  Manutenção em Ar Condicionado, Empresas que realizam Teste Hidrostáticos em Extintores, Grupo Gerador, Central Telefônica, Dedetização, Firmas de Coleta, Transporte, Tratamento e Destinação Final dos Resíduos de Serviços de Saúde, dentre outros. A equipe de fiscalização do CREA-PB verifica então se as empresas possuem registro no Conselho e se os profissionais da área tecnológica possuem atribuições para tais serviços, conforme legislação federal 5.194/66 e 6.496/77.