Ouvidoria

Crea-PB participa da 1ª sessão plenária do Confea

Na última quarta-feira (24), o presidente do Crea-PB, Renan Azevedo, participou da 1ª sessão plenária do Confea, em Brasília. Presidente do Conselho foi recebido pelo presidente do Confea, Vinicius Marchese, que expressou gratidão pela visita.

“A colaboração entre o Crea-PB e o Confea desempenha um papel crucial no fortalecimento e desenvolvimento do setor. Essa parceria estratégica cria uma sinergia que promove padrões elevados, regulamentação eficaz e avanços consistentes na engenharia, agronomia e geociências”, pontuou o presidente do Crea-PB sobre o encontro.

“Espero que não percamos de vista, em nenhum momento, os desejos e necessidades dos profissionais. Que este seja o nosso foco!”, pontuou Marchese em sua fala de abertura da sessão plenária.

Representantes de Alagoas, Rio Grande do Norte e Paraíba se manifestaram a respeito da desistência da concessão da Ferrovia Transnordestina Logística em prover infraestrutura nos estados mencionados, além de Pernambuco. As obras se iniciaram em 2006 e, para não as finalizar, a empresa devolverá perto de R$ 1 bilhão aos cofres públicos, segundo comentou o conselheiro federal eng. agr. Cândido Carnaúba Mota (RN).  

Renan Azevedo sugeriu que o tema fosse incluído na Agenda Parlamentar do próximo Encontro de Líderes. 

“Assim, podemos mostrar, através do Confea, que este não é um interesse só do Nordeste, mas do Brasil. As transferências de mercadorias e produtos são do interesse de toda a nação. A redução drástica da malha ferroviária do Nordeste vai afetar brutalmente o setor comercial e produtivo”, disse o presidente do Crea-PB.

  Em uma união de esforços, ambas as entidades reforçam a importância da cooperação para enfrentar desafios e impulsionar o progresso. A colaboração contínua entre entidades é fundamental para garantir padrões profissionais e qualidade nos serviços prestados, fortalecendo os laços e o compromisso conjunto para o avanço do setor.

Minerva CREA - Atencimento Online

Atendimento Online