CREA promove II Seminário de Fiscalização 2014

Na última quinta (18) e sexta-feira (19) ocorreu na cidade de Campina Grande o II Seminário de Fiscalização 2014. Na quinta, a presidente do CREA-PB, Giucélia Figueiredo, fez a abertura do evento, que tem como público alvo Agentes Fiscais e Administrativos do Regional, e participou ainda de Mesa Redonda com os presentes.

A sociedade tem exigido dos sistemas produtivos a adoção de novas tecnologias para atender cada vez mais as necessidades de consumo. Essa busca pelo avanço tecnológico já nos trouxe grandes benefícios, mas também tem estabelecido com o homem uma relação que traz conseqüências. Entre elas, os riscos à saúde dos trabalhadores e a degradação ambiental.

A engenharia, como o segmento multidisciplinar, desempenha um papel estratégico, capaz de introduzir iniciativas de tecnologias sustentáveis, adotar métodos e processos de trabalho que protejam os trabalhadores em termos de segurança e qualidade de vida e também métodos de preservação do meio ambiente.

Por isso, o II Seminário de Fiscalização do CREA-PB visou debater essas questões com o objetivo de instrumentalizar os fiscais para o melhor desempenho de suas atividades e, sobretudo, ofertar melhores serviços a sociedade. O intercâmbio com profissionais de outros Regionais também foi um mecanismo para otimizar as discussões durante o evento.

Jonas Amorim de Lima, Técnico em Instrumentação e Agente Fiscal do CREA-BA participou do debate sobre a fiscalização na modalidade Industrial,  já na modalidade de Segurança do Trabalho, o facilitador foi José Augusto Pinto de Queiroz, Técnico em Segurança do Trabalho e Assessor de Relações Institucionais do CREA-BA.

 

Para falar sobre a Fiscalização Eletrônica, foi convidado Ademir Alves do Amaral, engenheiro civil e Gerente Operacional/SUPFIS do CREA-SP. A engenheira química e Agente Fiscal do CREA-SP Ines Mithie Umino, por sua vez, foi a responsável por intermediar o debate em torno da fiscalização na modalidade Engenharia de Alimentos.