Engenheira Maria Aparecida Rodrigues Estrela falece em João Pessoa

O Sistema Confea/Crea e Mútua lamenta a morte da engenheira civil e de segurança do trabalho Maria Aparecida Rodrigues Estrela, vice-presidente da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho (Anest). “Recebi com muita tristeza a notícia da morte da minha grande amiga, uma das idealizadoras do movimento Abril Verde e grande defensora da engenharia de segurança do trabalho. Que Deus conforte todos os familiares e amigos neste momento de profunda dor”, compartilhou o presidente do Confea, eng. civ. Joel Krüger. Vítima de câncer, Estrela faleceu no último sábado (8/5).

Aparecida Estrela, como era conhecida, nasceu em 25 de novembro de 1960, no município paraibano de Sousa, e se graduou em Engenharia Civil pela Universidade Federal da Paraíba em 1986. Pela mesma instituição, se especializou em Segurança do Trabalho, em 1991. Em 2013, assumiu a Presidência da seção paraibana da Associação de Engenharia de Segurança do Trabalho (Aest-PB), sendo a primeira mulher a ocupar o cargo.

Entre 2015 e 2020, foi conselheira regional de Engenharia e Agronomia no Crea-PB, onde coordenou a Comissão Especializada em Engenharia de Segurança do Trabalho e integrou a Comissão de Ética Profissional. “Lugar de mulher é onde ela quiser, porque sim, a mulher pode”, costumava dizer.

Um pouco antes, entre 2004 e 2011, Aparecida Estrela participou do grupo que implantou o Programa de Redução de Acidentes Elétricos de João Pessoa, que reduziu a ocorrência de mortes por eletrocutamento em 100%. Em 2013, durante o IV Encontro Estadual dos Profissionais de Segurança do Trabalho, Aparecida e seu colega José Nivaldo Barbosa idealizaram a Campanha Abril Verde, sobre saúde e segurança no trabalho. A Campanha foi promovida pela primeira vez em 2014, lançada em João Pessoa. De lá para cá, já foi mencionada pelo Papa Francisco e viu o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, ser iluminado de verde em sua alusão. Por conta do Abril Verde, Aparecida Estrela recebeu a Medalha Cidade de João Pessoa, concedida pela Câmara Municipal.
Beatriz Craveiro
Equipe de Comunicação do Confea